Notícias

SGAD responde Sindicato sobre prevenção à Covid-19 em momento crítico no Distrito Federal

Saúde | 08 de fevereiro de 2022

Autor: Erika Braz

Compartilhe esta notícia:


A Secretaria de Gestão Administrativa do Ministério das Relações Exteriores (SGAD/MRE) respondeu ao ofício encaminhado pelo Sinditamaraty no dia 13 de janeiro a respeito da situação crítica de casos da Covid-19 registrada no Distrito Federal.

Segundo o ofício-resposta, foi emitido o Informativo Coronavírus - 14/01/2022, documento que reitera as medidas de prevenção previstas na Portaria MRE 362/2021 e na Normativa em vigor no Distrito Federal. “Adicionalmente, foram retomados o controle de temperatura corporal e a distribuição de álcool em gel nas dependências deste Ministério”, destaca a Secretaria.

Na resposta, a SGAD ressalta, ainda, a importância de os servidores cumprirem o protocolo estabelecido se houver contato com a doença. Nos casos suspeitosos ou confirmados, a Administração do Itamaraty pede que o servidor informe a situação ao Setor de Assistência Médica e Social (SAMS), por meio do e-mail sams@itamaraty.gov.br.

Informativo Coronavírus
O informativo referido pela SGAD traz medidas de segurança e proteção a serem observadas nas unidades do MRE. Um destaque é que o servidor que tenha suspeita ou confirmação de infecção ou que tenha tido contato próximo com casos confirmados por Covid-19 “deverá imediatamente passar ao regime de trabalho remoto”.

A resposta da Secretaria de Gestão Administrativa cita, também, a Portaria 362/2021, publicada em 8 de outubro do ano passado, e que dispõe sobre o retorno gradual e seguro ao trabalho presencial no MRE, “observados os protocolos e medidas de segurança recomendados pelas autoridades locais.

Situação preocupante
O oficio enviado pelo Sindicato no dia 13 de janeiro alertava sobre a elevada taxa de transmissão da doença no Distrito Federal e a necessidade de retomar alguns cuidados, como o rodízio e o teletrabalho de funcionários, principalmente em áreas não essenciais do Itamaraty. Covid-19: Sindicato manifesta preocupação com o aumento de casos no DF

Na última sexta-feira (4), o Sinditamaraty protocolou novo ofício na SGAD. Desta vez, preocupada com a situação em todo o mundo, com novas ondas de contágio motivadas pela variante Ômicron. O Sindicato voltou a pedir que o MRE atue de forma preventiva, considerando, inclusive, a suspensão das atividades presenciais. Além disso, que as unidades da Secretaria de Estado (SERE) e os postos no exterior adotem procedimentos que minimizem o contato pessoal e, assim, reduzam o aumento do contágio. Covid-19: Sinditamaraty pede ao MRE medidas de segurança contra a Ômicron