Nossa Pauta

Revisão do fluxo de carreira

Nossa Pauta | 26 de janeiro de 2021

Autor: Sinditamaraty

Compartilhe esta pauta:


Objetivo

Estabelecer critérios objetivos para resolver problemas que provocam lentidão nas promoções para diplomatas e oficiais de chancelaria, incluindo regra de transição do fluxo de carreira para servidores que estacionaram na carreira em razão de mudança da regra de ascensão pela MRE em 2009. Servidores que já haviam cumprido quase todos os requisitos válidos até então para ascensão não conseguiram ser promovidos por falta de regras de transição.

Andamento

Numa tentativa de solucionar os entraves à promoção na carreira de diplomata, o MRE publicou a Portaria nº 281/2015. Contudo, a portaria só adia o problema do fluxo. Até a publicação da Portaria o problema se concentrava na passagem de terceiro para segundo-secretário, agora o problema pouco a pouco se transferirá para passagem da classe de primeiro-secretário para conselheiro.

Em relação à promoção de oficiais de chancelaria não houve avanço, embora a demanda seja constantemente cobrada da administração do MRE.