Para tirar folgas e comemorar Natal e Ano Novo, os servidores públicos federais terão de organizar e seguir escalas de trabalho. As folgas podem ser no período de 21 a 24 de dezembro e de 28 a 31 de dezembro, segundo portaria do Ministério da Economia.

As folgas terão de ser compensadas posteriormente pelo servidor. Quem não compensar os dias não trabalhados terá desconto no salário, diz a Portaria 22.899/2020.

Quem está trabalhando presencialmente vai precisar conpensar até o dia 31 de maio de 2021. Para quem está em teletrabalho, a data é a mesma, mas a contagem será de acordo um cálculo de horas para o desenvolvimento de cada atividade.

O governo federal diz que o revezamento vai garantir a prestação de serviços essenciais.

 

Acessar
x
x
x