Feed 1

O Sinditamaraty já noticiou em seu site e redes sociais a pretensão da Frente Parlamentar Mista da Reforma Administrativa em criar um órgão para medir o desempenho dos servidores públicos. Pois esta ideia tem avançado no Congresso Nacional e se tornado um dos destaques da Reforma Administrativa, prevista na Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 32/2020.

Apesar da intenção dos deputados e senadores que compõe a Frente da Reforma Administrativa em tocar essa ideia, eles também estão dispostos a dialogar com as categorias de servidores públicos federais, estaduais e municipais.

Um encontro para debater a proposta já ocorreu, no dia 6 de outubro, com o Fórum das Carreiras Típicas de Estado (Fonacate). E o Fórum ponderou que é preciso cautela em aprovar tal texto, além da necessidade de definir detalhes, como se a avaliação será individual ou coletiva.

Posição contrária
Para o Sinditamaraty esta proposta não pode avançar. E, alguns filiados ao Sindicato, ao verem a notícia publicada pelo Sindy, manifestaram indignação, reforçando a posição contrária da entidade.

A intenção de criar um órgão analisador de servidores públicos tramita, por enquanto, apenas no âmbito da Frente Parlamentar Mista da Reforma Administrativa. Ela só fará parte do texto da PEC e seguirá para a análise de todos os deputados e senadores se avançar nos trabalhos da Frente.

Leia também:
Aproveitando a Reforma Administrativa, Congresso quer medir desempenho de servidores públicos

Acessar
x
x
x